Você está lendo sobre o Coldplay aplicando a lei de Lavoisier

sobre o Coldplay aplicando a lei de Lavoisier

  • sábado, 9 de maio de 2009
  • Wash.
  • achei engraçada uma noticia que vi hoje:

    "COLDPLAY ACUSADO DE PLAGIO PELA SEGUNDA VEZ DA MESMA MUSICA"
    O músico Yusuf Islam , antes conhecido como Cat Stevens e que mudou seu nome quando se converteu ao islamismo, acusou a banda Coldplay de ter plagiado uma composição sua, "Foreigner Suite", para criar o hit "Viva la Vida", informou o site NME. O guitarrista Joe Satriani já havia acusado o grupo britânico plágio pela mesma canção. Ele apontou muitas semelhanças entre "Viva la Vida" e "If I Could Fly", de sua autoria.

    do meu ponto de vista falando como musico amador que sou, eu diria: QUEM MANDA SER MUSICO MEDIOCRE que faz canção pop de quatro acordes mastigadissimos, do começo ao fim, alterando uma ou outra linha de voz só pra dar uma tapeadinha no corpo geral???... na boa, quando a banda já solta de cara, no primeiro cd, um puta hit pop como Yellow, ou ela já para por aí, ou ela vai ter que se mostrar de valor mesmo pra continuar compondo; inova, recria (não copia), inventa. se os caras se sentirem pressionados pra fazer mais hits, fudeu...

    dai aparece uns caras que se acostumam a ganhar rios de dinheiro com musica, como esses aí, e ficam tentando emplacar qualquer porcaria só pra não ter que parar com certas mordomias a que estão acostumados. dá nisso: vira musico MEDIOCRE e compõe qualquer merda de quatro andamentos que se parece com qualquer coisa. e o problema nem é a limitação dos acordes, porque com menos que isso, com TRES acordes por musica, os Ramones fizeram uns 20 discos sem ninguem acusa-los de plagio, e ainda hoje são considerados originais as fuck e criadores de um estilo. chupa essa manga, coldplay...

    2 coffee junkies:

    1. Marcelo Mayer disse...
    2. o melhor comentário que ouvi no show do radiohead: "e tem gente que ouve cold play"

      perfeito: fazer música pop com 4 acordes previsíveis é pedir pra tomar gostoso. melhor o comentário do vocalista na época do primeiro processo:

      "a gente batalha pra fazer música, estuda e depois queremo nos processar"

      pera ai! o cara suou a camisa pra fazer aquele seqüencia digna de revistinha "toque hoje mesmo"?
      vá a merda!

      abraços café!

      11 de maio de 2009 12:27
    3. Marcelo Mayer disse...
    4. comentário do baterista: "é uma seqüencia de acordes que todo mundo usa"

      meu comentário: ele acabou de afirmar que a banda não é nada original! ele não sabe medir palavras

      13 de maio de 2009 14:26